quarta-feira, 14 de maio de 2008

Há luz no fim do túnel?



Essa semana vi uma coisa que me deixou feliz, talvez seja uma certa ingenuidade minha, mas pela primeira vez desde que eu cheguei em Angola eu tive a sensação de que realmente os problemas da cidade podem ser sim solucionados.

Eu moro no Talatona que é um bairro "planejado", limpo e com ruas amplas, e trabalho no Kinaxixi que muito me lembra a Praça da Sé. A distância é aproximadamente de 15km, mas só tem duas vias de acesso que ficam completamente congestionadas de manhã e de noite.

Para conseguir chegar ao trabalho nós cortamos caminho pelas musseques e lá a coisa realmente é feia. O lixo se espalha por ruas e mais ruas, as crianças brincam no meio do lixo, os cabritos e galinhas comem restos de comida. Enfim, as montanhas de lixo são enormes até restos de carros são jogados.

Qual não foi a minha surpresa ao passar por lá essa semana e ver essa rua da foto completamente limpa! Sim, tiraram todo o lixo de lá. Pode parecer bobeira para muitos, pode ser apenas mais uma manobra em ano eleitoral. Mas eu realmente fiquei feliz quando vi a rua limpa!!!

Se o governo faz a parte dele os moradores também precisam mudar de atitude e fazer das musseques um lugar melhor para se viver :)

3 comentários:

fernando baião disse...

A luz no fim do túnel não é para já, mas algum dia vamos ter a cidade limpa, pois não é só nos museke(s) que há toneladas de lixo.Penso que falas do Rocha Pinto, a vala que desce para a estrada do Corimba e vai poluir o mar? Se limparam, é uma vitória, se limparem uma rua dessas por dia, nas eleições podemos votar de cara limpa.Vamos ver, gostei do teu otimismo( escrevo já à brasileiro)

fernando baião disse...

Menina de Angola:ontem fiz um comentário, normal, e não passou na censura. Tinha algum problema especial?
Há luz ao fim do túnel? Haver, há, só que o túnel é muito, mas mesmo muito comprido.

Julio disse...

Olá vizinha.
Força aí. Depois dos primeiros 6 meses, isto entra-nos no sangue.
Fica um abraço.