segunda-feira, 7 de julho de 2008

Mussulo



Ilha é um pedaço de terra cercado de água por todos os lados certo? Errado! Aqui em Angola, basta ter um monte de água em dois lados para virar uma ilha...

Mussulo é uma ilha que não é bem uma ilha. Apesar do caminho mais fácil e mais usado para se chegar ser o barco a ilha do Mussulo é um braço de mar. Não sei porque chamam de ilha, mas enfim a ilha de Luanda também não é uma ilha...



Lá é o point das Patricinhas e Mauricinhos aqui de Angola. A praia é bonita, mas não se compara as outras praias que tem por aqui. O lugar é cheio de casões, bares com espreguiçadeiras na areia e muita gente.



Mussulo, apesar da aurea fashion que se dá ao lugar, também tem a poesia da simplicidade de Angola. Não é difícil encontrar mulheres vendendo panos com sua roupas coloridas e aquele sorriso tão característico dos angolanos. Pescadores e crianças correndo pelas areias completam o cenário bucólico da ilha. E claro não poderia terminar o dia sem o por-do-sol.



Simplesmente espetacular...

6 comentários:

fernando Baião disse...

o Mu Sulu, que em kimbundu quer dizer, para o sul, já era.Hoje, aquelas praias, lindas,virgens,de antigamente,tornaram-se um pesadelo, motas de água, barcos para todos os gostos e lixo, é bwé.Casas de betão, por tudo quanto é canto, a sereia Kianda, já avisou, um dia o Mussulo vai abaixo,afunda-se. Mas há uma coisa que os VIP's não conseguem destruir, o maravilhoso pôr de Sol, que vai descendo para os lados da contra costa.

F. disse...

Menina, cê gosta mesmo de uma praia, hein? (rs) Olha só, o Fernando vai poder me corrigir se eu estiver errado, mas acho que a Ilha de Luanda era uma ilha sim. Agora aterraram a passagem do mar, no lugar onde fica a ponte, mas acho que era ilha. Bjs.

fernando baião disse...

A Ilha de Luanda sempre foi Ilha apesar de, em 1924 (acho eu), terem construido uma ponte e depois do lado da Xicala ficou tudo assoreado. O navegador português Paulo Dias de Novais, aportou em 1575 à Ilha das Cabras, actual Ilha de Luanda e no ano seguinte o rei Ngola Kiluanji autorizou o português a estabelecer-se no continente, em frente á Ilha,onde fundou a cidade São Paulo de Loanda.

andreia vendramini disse...

hahahaha....vc e o por-do-sol....ja virou um caso de amor !!!!!!!!

bjusss

Menina de Angola disse...

Fernando, vc tem toda a razão, como eu fui no cacimbo ainda estava meio vazio e deu para curtir, mas eu sei que no verão aquilo fica insuportável.

F. eu adoooooro praia, minha maior frustração é não ter uma praia descente aqui no talatona, mas tenho certeza que depois que todos os problemas mais importantes da cidade forem resolvidos esse também será. Esse negócio de aterrar a baia é outra coisa que eu nao me conforme, ela é tão bonita e tem tanta terra nessa cidade para se construir, mas fazer o que né... O negócio é esbanjar..

Dé, é mais do que um caso de amor é minha fonte de energia, os dias que eu estou mais cansada e desanimada que eu volto para casa e vejo aquele sol se pondo da um ânimo danado... é muito lindo!

beijão

aeoc06 disse...

Eu fico admirado agora, de ver um montão de besteiras e ninguém assumir o que de fato ocorre no mussulo e de outras partes de Angola..
Agora até os brasileiros que foram para lá depois de 1976 acham isto e aquilo. Quando chegam ao Brasil falam um montão de baboseiras na televisão daqui sem o menor conhecimento.
Nasci aí e por forças das circunstâncias e do racismo fui obrigado a sair da minha terra e hoje vivo no Brasil.
Falem a verdade, apenas a verdade e parem de lorota e de conversa fiada.

Aí continua sendo bom para explorar e isso a maioria que está aí sabe. Só que no passado não havia corrupção e hoje somente existe isso e todo o político o é, pois para qualquer coisa tem que ter comissão.
Eu digo que isso virou miséria humana, apenas! Ridiculo!