domingo, 22 de junho de 2008

O surto!!!



Essa semana completa 3 meses que eu estou em Luanda, e ao contrário das últimas semanas eu tenho notado que estou entrando em crise novamente, rs. Bom, parece que crise é meu sobrenome, mas não sei ao certo se o problema é Angola ou se o problema sou eu. Afinal de contas eu vim parar em Angola porque estava em crise existêncial em São Paulo, portanto o meu problema deve ser interno, mas já que estou aqui é mais fácil colocar a culpa nos problemas externos.

Essa última semana eu tive insônia todas as noites, com excessão de terça que eu estava gripada e tomei uma série de remédios, acabei dormindo quase 24 horas.

Dei uma surtada forte ontem, uma mistura de tédio, com decepção e uma pitadinha de tristeza. Olhei para a chave do carro, a chave do carro olhou pra mim e eu pensei, quer saber? Foda-se! Eu vou pra Cabo Ledo sozinha mesmo. Pegar o carro e sair dirigindo numa estrada ensolarada a caminho do mar é lugar comum na minha vida no Brasil, aliás é quase que lei aos finais de semana, mas aqui em Angola eu nunca me aventurei, principalmente porque todo mundo fala que as estradas são perigosas, que tem muito acidente (e tem mesmo), isso sem falar nos guardinhas de trânsito que sempre nos param atrás de uma gasosa...



Mas enfim, liguei o rádio e coloquei o pé na estrada. Nossa, como eu estava precisando disso!!! Uma estrada linda, vazia, ensolarada todinha pra mim, até que de repente começa a sair um monte de vaca não sei de onde e atravessa a estrada... hahah isso foi realmente muito engraçado e perigoso, é claro...

Depois da aventura bovina cheguei na pousada e pedi um quarto, os caras olharam pra mim como se eu fosse uma extra-terrestre, acho que fui a primeira mulher sozinha a pedir um quarto naquela pousadinha, hahaha



De cara eles perguntaram, mas é só pra você? E o seu marido não vem? E eu com toda aquela paciêcia que realmente não é minha respondi muito simpática que sim, era só pra mim, e não, eu não tinha marido...

Ao que os dois se olharam e disseram? Mas você veio sozinha? Simmmmmmmm eu vim sozinha, ninguém quis vir comigo, portanto eu vim sozinha!!!

Lá fui eu pro meu quartinho absurdamente caro e sem água quente, coloquei meu biquini e sai para caminhar naquela praia MARAVILHOSA quase deserta e com uns poucos encapotados me olhando como seu eu fosse louca... Gente, mas como o povo sente frio por essas bandas, hem? Imagina maior solão delicioso e o povo de agasalho. Tá certo que não dá para entrar no mar porque a água anda muito gelada e como eu ainda estou me recuperando da gripe achei melhor não abusar...



Depois do banho de sol, o presente nosso de todos os dias, aquele inesquecível por-do-sol... Já disse, e vou dizer mais um milhão de vezes como é lindo o por-do-sol dessa terra...



Nada como sol, mar e caminhar pela praia para renovar as energias...

5 comentários:

Paraiso disse...

Menina de Angola... Por acaso estava tentando manter contato com alguém desse país, por entender que tenho minha ancestralidade na África, coloquei esse nome na página de busca do google e acabei por encontrar sue blog, li o que escreveu hoje e acheu sua atitude muito pra frente e determinada, adorei as fotos que colocou e em particular a do pôr do sol, que pôr do sol magnífico, és paulista, morei 6 meses em São Paulo gostei muito más preferi voltar para minha Bahia, a terra da alegria não que Sampa seja triste, más na Bahia a coisa é diferente. Ah... entra em contato comigo tenho muita curosidade sobre esse Belo país, meu email é edenmachado@hotmail.com aguardo contato, cheirooooooooo.

Migas disse...

Ahahah... A menina de angola está a precisar de férias! Mas não repitas muitas vezes essa façanha, ainda por cima para tão longe porque nem sempre tens rede em Caboledo. E no caso de acontecer alguma coisa, não é fácil conseguires ajuda. Sabes que alguns colegas teus brasileiros ficaram sem gasolina na primeira vez que foram para lá... e parece que não foi episódio para recordar positivamente! Mas gabo-te a coragem! A menina de angola quer, a menina de angola faz! :o)

Beijos, qualquer coisa, diz!

fernando baião disse...

A "minina" foi corajosa, meus parabéns, de vez enquando é preciso sacudir a poeira. Faz bem ao nosso ego, mas aconselho a não repetir a façanha muitas vezes, sobretudo ir para tão longe sozinha.
Um abraço

andreia vendramini disse...

heiiii amiga !!!!!!! eu agora sei um pouco o q eh a solidao e a tal da insonia...rsrsr....olha so cuidado hein !

que foto linda da praia....ate eu fiquei com vontade de ir...haahahah...nao tendo carne de porco, pimenta e cha....hahahah....to dentro!

saudades !!!

Anônimo disse...

Olá! Nossa, adorei seu blog! Simplesmente parece q sou eu escrevendo... Cheguei em Luanda em 19 de maio...
Estou a pensar mto...rs!
Continue escrevendo sempre...
Bjo e sucesso!