quarta-feira, 29 de abril de 2009

Angolanos no Brasil



Que muitos angolanos viajam ao Brasil todo mundo sabe, mas e quando eles viajam conosco e querem conhecer a nossa cidade. O que fazer?

O Brasil é um verdadeiro parque de diversões para adultos. Mas dependendo do lugar onde eles se hospedam pode ser um verdadeiro inferno.

Um casal de amigos foi ao Rio de Janeiro antes de se encontrar comigo em São Paulo, no Rio como estavam sozinhos entraram em algumas frias como ficar em um hotel pulguento em Copacabana que foi vendido como o melhor 4 estralas da cidade.

Depois indicaram uma casa noturna gay como a melhor balada da Lapa. Quero deixar claro que não tenho nada contra gays ou cariocas e as robadas aqui citadas poderiam acontecer em qualquer cidade.

Enfim eles chegaram a São Paulo e pude mostrar um pouco das coisas boas da minha terra. Infelizmente não tínhamos muito tempo, pois estavamos a trabalho.

A primeira providencia foi instalá-los em um hotel bem localizado, próximo a shoppings, bons restaurantes e que fosse tranquilo. A opção foi o Tryp da Iguatemi a duas quadras da Amaury e do ladinho do Shopping Iguatemi.

Depois de instalados eles me pediram para ir almoçar comida típica brasileira... Nossa que difícil.. Os meus restaurantes preferidos são os japoneses e mexicanos. rs

Mas a Feijoada do Bolinha me salvou, funciona diariamente e a comida é excelente. A escolha também foi aprovada.

No roteiro gastronomico não pode faltar a churrascaria e um almoço sossegado no restaurante do MAM, com direito a passeio pelo parque do Ibirapuera.

O terceiro pedido foi de ouvir música brasileira... Pagode, MPB, Samba, Rock??? O que eu faço agora... Demônios da Garoa no Bar Brahma no coração da cidade em pleno cruzamento da Av. Ipiranga com a São João. Tem lugar mais paulista do que esse?

Mais uma vez a sugestão foi aprovadíssima.

E para finalizar o roteiro compras, R. João Cachoeira, Shopping Ibirapuera e para finalizar 25 de março onde você vai encontrar o pedido mais comum das angolanas. Onde comprar cabelo?

Até essa viagem nem fazia idéia de onde e como se compra cabelo, mas agora fiquei expert. rs

Mas lógico que São Paulo tem um milhão de coisas para oferecer, mas devido a uma gripe forte e o pouco tempo disponível não foi possível fazer o tour completo.

De volta a Luanda que diga-se de passagem foi uma volta bem mais tranquila do que as outras vezes. Formulário de entrada no país distribuido no avião, carrinhos a disposição para levar a mala e total tranquilidade para passar pela imigração.

Agora eu saio de férias e só volto em junho.

9 comentários:

Angola em Fotos disse...

Boas férias, MA!

m.Jo. disse...

Boas férias, mas não entre em férias do blog, tá?
bjks

Constança Lucas disse...

comprar cabelo ?????

Nadja Saori disse...

Voce só volta em junho???? Ah não!!!! Não acredito... vai parara de nos escrever ???? :( Bom... quero te desejar umas férias maravilhosaaaaas!!!

silvia masc disse...

Nota 10 pra vc como guia turística e como blogueira...

beijinho

Valdemir Reis disse...

Olá estou visitando e quero registrar minha satisfação ao passar aqui. Fica minha gratidão por sua amizade e atenção. Tudo isto nos fortalece e aproxima. Certo estou quando um amigo nos acompanha nenhum caminho é longo demais e vamos muito além... Saiba que gostei muito deste trabalho. Realizado com muita Inteligência e excelente qualidade, parabéns pelo post, meu reconhecimento e votos de muito sucesso e brilho. Honrado por sua amizade, espero por sua visita.
Quero compartilhar com você o poema abaixo do nosso imortal Vinícius de Moraes:
“Certas palavras podem dizer muitas coisas;
Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
Certos gestos, parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre. Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.”
Desejo um fim de semana repleto de alegrias extensivo aos familiares. Forte abraço, paz, luz, saúde, prosperidade e muitas bênçãos. Fique com Deus. Felicidades.
Valdemir Reis

Ana Filipa Silva disse...

Eu fui uma vez a São Paulo, gostei muito do Hotel onde fiquei e de uma pizzaria óptima onde comi umas das vezes. As refeições do Hotel eram excelentes, adorava os pequeno-almoços com doce de leite e bolo de fubá, acho que é assim que se chama.
Da cidade... nem tanto! Achei realmente que era uma Selva de Pedra. Mas talvez com um roteiro mais turístico e personalizado eu possa vir a conhecer outro lado de São Paulo. Boas férias!

Maikon A. Delgado disse...

Tô lendo o teu site e estou adorando... Ando com muita vontade de morar na África, e blogs como o teu me dão mais gana ainda...

Anônimo disse...

volta p teu país ! brasil nao precisa de angolanos nao